Os vencedores dos Prémios PEN 2018 foram anunciados durante a Homenagem a Jorge de Sena e a Sophia de Mello Breyner Andresen, promovida pelo PEN Clube Português, no dia 7 de Novembro, realizada  na Biblioteca da Imprensa Nacional-Casa da Moeda.  A DGLAB fez-se representar na sessão pela Dr.ª Maria João Martins, por impedimento do Dr. Silvestre Lacerda.
Foram convidadas as famílias dos poetas homenageados e esteve presente  Isabel de Sena, filha mais velha de Jorge de Sena, em representação da família.
Foi uma sessão muito participada (mais de 70 pessoas), confirmando  que o caminho da abertura ao público, que o PEN vem seguindo, é o caminho certo.
O Júri atribuiu, por unanimidade, os prémios de Poesia, Ensaio (ex-aequo) e Narrativa. Não atribuiu o Prémio Primeira Obra, por não ter surgido a concurso nenhuma que se distinguisse.
POESIA – Tatiana Faia , Um Quarto em Atenas.
Editora:  Tinta-da-China.
JÚRI: Paulo José Miranda, Luís Filipe de Castro Mendes, Marta Bernardes.
ENSAIO– ex- aequo
Mafalda  Faria Blanc – Estudos sobre Heidegger.
Editora: Guerra & Paz.
Luis Filipe Thomaz, O Drama de Magalhães e a Volta ao Mundo Sem Querer.
Editora Gradiva
JÚRI: Ernesto Rodrigues, Fernanda Mota Alves, Mário Avelar.
NARRATIVA – Julieta Monginho, Um Muro no Meio do Caminho.
Editora: Porto Editora
JÚRI: Rui Miguel Mesquita, Isabel Ponce de Leão. Teresa Sousa de Almeida.
A cerimónia de entrega dos Prémios está marcada para o dia 11 de Dezembro, às 18h na Sociedade Portuguesa de Autores (Galeria Carlos Paredes, Rua Gonçalves Crespo, 62, Lisboa), com a presença de sua Excelência o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa.
Pela  direcção do PEN,
Teresa Martins Marques