Declaração de Québec sobre a Tradução, as Tradutoras e os Tradutores literários (aprovada por Unanimidade no 81ª Congresso do PEN Internacional, em 15 de Outubro de 2015, Québec) A tradução literária é uma arte de paixão. Portadora de valores de abertura, ela permite ascender ao domínio universal enquanto vector privilegiado do diálogo entre as culturas. É um factor de paz e liberdade, bem como um…

Resolution on the Portuguese language, presented by the Portuguese PEN Centre and the T&LRC The Assembly of Delegates of PEN International, meeting at its 81st World Congress in Québec City, Canada 13-16 October 2015 States that since 2012 the enforced implementation of the so-called “Orthographic Agreement of 1990” (OA 1990) has caused serious damages to the European Portuguese, which is spoken and written by the…

Prémios PEN para as obras publicadas no ano de 2014, com o apoio da DGLAB

POESIA: Isabel Mendes Ferreira, O Tempo é Renda (Labirinto de Letras), ex-aequo com Luís Quintais, O Vidro (Assírio & Alvim). Júri: Victor Oliveira Mateus, Casimiro de Brito, Paula Mendes Coelho. ENSAIO: Mário de Carvalho, Quem Disser o Contrário é Porque Tem Razão (Porto Editora). Júri: Ricardo Gil Soeiro, José Pedro Serra e Paula Cristina Costa. NARRATIVA: Paulo Varela Gomes, Hotel (Tinta-da-China). Júri: Rita Taborda Duarte, Paula…

Short list dos prémios PEN, patrocinados pela DGLAB e divulgada em 28.9.2015, para as obras de Poesia, Ensaio e Narrativa publicadas em 2014:

Short list dos prémios PEN, patrocinados pela DGLAB e divulgada em 28.9.2015, para as obras de Poesia, Ensaio e Narrativa publicadas em 2014: Poesia A Misericórdia dos Mercados, de Luís Filipe Castro Mendes (Assírio & Alvim); Entrepoemas, de J. Alberto de Oliveira (Afrontamento); Os Armários da Noite, de Alice Vieira (Caminho); O Tempo é Renda, de Isabel Mendes Ferreira (Labirinto de Letras); O Vidro, de…

Ana Hatherly: entre a pintura e a poesia

O PEN Clube Português lamenta profundamente o desaparecimento de uma das suas sócias e co-fundadoras, Ana Hatherly, figura maior da cultura portuguesa contemporânea, nomeadamente a partir de 1959. A autora pertenceu aos corpos gerentes do PEN até 2009, tendo sido também Presidente do Committee for Translation and Linguistic Rights of International PEN. Nascida no Porto, no ano de 1929, Com um percurso versátil, a sua obra…

“Mare Nostrum: Sabers e Lums: Un singular plurial”. Sobre o 4º Encontro Euro-mediterrânico do PEN em Narbonne, de 25 a 28 de Junho de 2015

Como nos contou Miquèla Stenta, a tradição occitana criou um conceito de “Cortesia”, patente desde os tempos da poesia trovadoresca e que inclui “larguesa” (valor do dom), “prètz” (mérito de sentimentos elevados e de comportamento requintado), “convivência” (arte de viver juntos), “sen e saber” (sensibilidade e conhecimento), “fin d’amor” (conhecimento através do amor humano) e “paratge” (nobreza de coração, espírito e alma). Mas não serão…