TLRC – Tradução e Direitos Linguísticos

 

TLRC – Translation and Linguistic Rights Committee [Comité da Tradução e Direitos Linguísticos – apoiado pelo blog Proximidades] – Delegado do P.E.N. Clube Português responsável por este Comité – Maria do Sameiro Barroso

Criado em 1978, tem por tarefa estimular o aparecimento de traduções, especialmente de literatura contemporânea, escrita em línguas com um baixo número de falantes, seja em idiomas globais ou outros.

Este Comité foi criado em 1978. Tem por tarefa estimular o aparecimento de traduções, especialmente de literatura contemporânea, escrita em línguas com um baixo número de falantes, seja em idiomas globais ou outros.

O Comité submeteu à UNESCO o esboço de uma Declaração Universal dos Direitos Linguísticos a fim de esta ser adoptada como texto de Direito Internacional. A proposta defende que cada indivíduo deve ter a possibilidade de usar a sua própria língua, da mesma maneira que cada grupo ou comunidade linguística tem o direito colectivo de o fazer – texto integral em português.

O TLRC procura difundir a compreensão do papel essencial que as traduções têm na construção de pontes em sociedades pluralistas, bem como incentivar a fruição de literaturas de culturas diferentes. Um plano contínuo de actividades apoia a realização de seminários e outros projectos que juntam escritores, poetas e tradutores. O Comité tem encontros regulares, duas vezes por ano – durante o Congresso Internacional do P.E.N., e na Conferência Internacional do P.E.N. na Macedónia (em Skopje ou Ohrid).

Faz ouvir a sua voz em defesa do pluralismo linguístico como parte da diversidade e da herança culturais do mundo.

Participações de delegados do P.E.N. Clube Português em actividades do TLRC

2009 – Comunicação apresentada na 12.ª CONFERÊNCIA DO COMITÉ DE TRADUÇÃO E DIREITOS LINGUÍSTICOS, 20-22 de Abril, Barcelona (Espanha) – Maria João Reynaud (Delegada do Centro português do P.E.N. Clube) – pdf

– Relatório da 12.ª CONFERÊNCIA DO COMITÉ DE TRADUÇÃO E DIREITOS LINGUÍSTICOS, 20-22 de Abril, Barcelona (Espanha) – Maria João Reynaud com Francisco Belard (Delegados do Centro português do P.E.N. Clube) – pdf

– Relatório da 12.ª CONFERÊNCIA DO COMITÉ DE TRADUÇÃO E DIREITOS LINGUÍSTICOS, 20-22 de Abril, Barcelona (Espanha) – Francisco Belard com Maria João Reynaud (Delegados do Centro português do P.E.N. Clube) – pdf

2008 – Relatório da 11.ª CONFERÊNCIA DO COMITÉ DE TRADUÇÃO E DIREITOS LINGUÍSTICOS, 5-8 de Junho, Ohrid (Macedónia) – Maria João Reynaud (Delegada do Centro português do P.E.N. Clube) – pdf

2007 – La couleur des oiseaux: éloge de la diversité, Comunicação apresentada no 39º. ENCONTRO INTERNACIONAL DO COMITÉ DE TRADUÇÃO E DIREITOS LINGUÍSTICOS, 5-8 de Junho, Bled (Eslovénia) – Maria João Reynaud (Delegada do Centro português do P.E.N. Clube) – pdf

 

Delegado do P.E.N. Clube Português responsável por este programa – Casimiro de Brito

A colecção Diversityé um dos programas apoiados pelo TLRC, e encontra-se alojada no Centro do P.E.N. Clube da Macedónia.  Iniciada em 2003, é uma colecção digital de textos de poesia, ensaio e novelística. O seu principal objectivo é possibilitar o livre acesso à literatura mundial traduzida no máximo de línguas possíveil e promover a literatura escrita em línguas ameaçadas, ou menos faladas.

Os trabalhos são publicados em, pelo menos, três idiomas (o original, um dos oficiais do P.E.N. – inglês, francês e espanhol -, bem como o macedónio). De par, são também facultadas as biografias dos autores (contemporâneos) antologiados. Com vista a promover estes objectivo, foi criada uma rede internacional de tradutores.

O projecto Diversity tem um quadro editorial internacional e colaboradores por todo o mundo. Promove o diálogo inter-literário e inter-cultural, o estudo da tradição, das variedades linguística e cultural. É verdadeiramente um testemunho dos esforços fundamentais desenvolvidos pela UNESCO para a protecção da diversidade linguística, literária e cultural.

O projecto inclui dois sub-projectos: um sobre as línguas ameaçadas (faladas por minorias e línguas oprimidas), outro sobre as comunidades linguísticas na Macedónia. O projecto também inclui materiais de apoio a outros eventos que promovam e apoiem a diversidade cultural e os direitos linguísticos.

Be Sociable, Share!